Produzir aprova cinco projetos com previsão de gerar 118 empregos

Na segunda reunião do ano para análise de projetos para receber benefícios fiscais do Programa de Desenvolvimento Industrial de Goiás (Produzir), foram aprovados cinco projetos, com previsão de investir R$ 53,118 milhões em quatro municípios goianos e gerar 118 empregos diretos.

A 183° reunião do programa foi marcada pela aprovação de projetos para instalação, expansão, reestruturação e reenquadramento de empreendimentos nos ramos de comércio eletrônico, indústrias de alimentos e transformação, além de produção de energia elétrica e sucroalcooleiro.

Titular da Secretaria de Indústria, Comércio e Serviços (SIC), José Vitti, presidiu a reunião e pontuou que o programa não só é uma porta de entrada para investimentos em território goiano, como também é fomento para a geração de emprego e renda. Levantou ainda que o Governo de Goiás prioriza projetos com capacidade de geração de novas vagas de trabalho no Estado.

PRODUZIR EM 2021

Na primeira reunião do Produzir do ano, realizada em 02 de fevereiro, foram aprovados oito projetos, com previsão de investimento de R$ 11,107 milhões e geração de 184 empregos.

Com isso, no ano de 2021, foram 13 projetos aptos para receber incentivos do programa Produzir, que juntos terão investimentos na ordem de R$ 64,225 milhões e de gerar 302 novas vagas de trabalho diretas.

O PROGRAMA

Produzir é o Programa do Governo do Estado de Goiás que incentiva a implantação, expansão ou revitalização de indústrias, estimulando a realização de investimentos, a renovação tecnológica e o aumento da competitividade estadual com ênfase na geração de emprego, renda e redução das desigualdades sociais e regionais.

Utilizamos cookies essenciais e tecnológicos semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.