Governo de Goiás fortalece política da regionalização do desenvolvimento com obras de terminal de combustível em Leopoldo de Bulhões

 
Com uma população de quase oito mil habitantes, a cidade de Leopoldo de Bulhões, distante 60 Km de Goiânia, já vê as instalações da MaisPetro Terminais e Logística saírem do papel e se tornarem realidade. Em outubro do ano passado a empresa assinou protocolo de intenções com o Governo de Goiás para construir uma plataforma de armazenamento e distribuição de combustíveis no município. A parte de terraplanagem, que faz parte da fase 1 das obras, já foi concluída e já foram gastos cerca de R$ 6 milhões no local.

 

 

O secretário em exercício da SIC, Adonídio Neto, acompanhado do superintendente de Prospecção de Investimentos, Paulo Aguiar, visitou o local ao lado do diretor de Operações da MaisPetro, Antônio Agostineti; e do diretor Comercial, Aristides Sales. A parte de terraplanagem já foi executada, agora será iniciada a implantação de parte dos tanques (seis nessa fase) que vão armazenar o combustível, concluindo a fase 1 das obras, com previsão para acabar em maio de 2021. 

 

A previsão da empresa é de gerar até 800 empregos diretos na fase de implantação de toda a estrutura. Quando estiver com capacidade máxima de estocagem de 46.600 milhões de litros de combustível, as obras terão concluído a fase 3 do investimento. Antônio Agostineti informa que a MaisPetro terá condições de atender todo o Centro-Oeste e mais o Distrito Federal, superando Senador Canedo na capacidade de armazenamento de combustível. 

 

Uma das grandes vantagens da empresa é sua localização geográfica privilegiada. Está ao lado da Ferrovia Norte-Sul e será atendida também pela Ferrovia Centro-Atlântica, além de um oleoduto da Petrobras que passa ao lado da empresa. A GO-330 também é modal logístico que será utilizado na distribuição do combustível para o DF, Goiás, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul. 

                                              

“Os apoios do Governo de Goiás, da SIC, do ex-secretário Wilder Morais e do atual secretário Adonídio Neto foram fundamentais para iniciarmos as obras aqui, que estão seguindo o nosso cronograma. Tudo vai dar certo e em 2022 estaremos em pleno funcionamento. Nossa meta principal, além dos negócios, é ajudar no desenvolvimento do município de Leopoldo de Bulhões e do Estado de Goiás”, afirmou Antônio Agostineti. 

 

Adonídio Neto disse que essa é mais uma conquista do Governo do Estado, através do governador Ronaldo Caiado que tem dado todo suporte necessário para a SIC fortalecer a sua área de atração de empresas e de conquista de investimentos. “Temos uma excelente equipe realizando esse trabalho e já atraímos mais de 130 empresas em pouco mais de 1 ano e 4 meses. Aqui em Leopoldo de Bulhões, com esse investimento de R$ 120 milhões estamos colocando a marca do governo na promoção do desenvolvimento de mais um município”, disse o secretário em exercício.

 

Inserindo vídeos do YouTube em uma página HTML/title